Eu gostaria de poder dizer que tenho um número favorito na Vivo. Afinal, a escolha de um número preferido não é apenas idiota e tola, mas também ridícula e sem sentido. Ainda assim, espero que aqueles de vocês que se identificam com essa busca entendam a minha indecisão.

A primeira coisa a ser considerada é que eu nunca fui uma pessoa particularmente supersticiosa. A ideia de que um número específico pode trazer sorte ou azar parece ser um resquício de outras épocas, e não algo que eu leve a sério em minha vida moderna. Mas, mesmo assim, há uma sensação estranha quando você está escolhendo um número de telefone ou uma senha, e acredita-se que esse número seja especial.

Então, por que eu precisaria ter um número especial na Vivo? Bem, a resposta curta é que eu não realmente preciso. Na verdade, pode ser que a maioria das pessoas não precise. Mas, sejamos honestos – muitas vezes, nossas escolhas são guiadas por coisas que parecem importantes na hora, mas acabam sendo completamente insignificantes. Às vezes, nós apenas queremos ter um pouco de controle em nossas vidas, mesmo que isso signifique escolher um número de telefone que não fará qualquer diferença real.

Então, a pergunta permanece: que número eu deveria escolher? Deveria ser um número fácil de lembrar, como uma data de aniversário ou algo assim? Ou deveria ser um número aleatório, só para que eu possa dizer que não sou supersticioso? Há algum número que é mais sortudo ou azarado do que os outros?

Talvez essas perguntas sejam irrelevantes. Talvez tudo isso seja uma grande bobagem, e não tem diferença alguma qual número eu escolha. Mas, por algum motivo, eu sinto que essa escolha é importante. Eu quero ter um número que me faça sentir bem, por alguma razão que eu mesma não entendo.

Então, eu continuo procurando. Eu tento escolher algo que pareça certo, mas sempre acabo mudando de ideia. Eu penso em escolher um número com todos os dígitos iguais, mas associei isso a algo infantil. Eu penso em escolher um número que inclua a data de aniversário de alguém importante na minha vida, mas isso parece um pouco invasivo. Eu penso em escolher um número aleatório, mas isso não parece ter nenhum significado.

Eu ainda não encontrei um número favorito na Vivo. Mas, acho que essa ideia é tão importante quanto qualquer outra coisa sem importância que pensamos. E, enquanto eu não encontrar o número ideal, vou continuar procurando e experimentando. E talvez isso seja tudo o que realmente importa.